25 agosto 2017
♥ Sâmella Raissa ♥

TOP 3: Indicações para iniciar no mundo dos doramas

Bora de séries? Mais especificamente das asiáticas? Então sejam bem-vindos ao mundo dos dramas, ou também conhecidos como doramas por aqui. Essas histórias asiáticas que aos poucos saíram de seus países de origem como Coréia do Sul, China, Japão, Taiwan e Tailândia para conquistar expectadores ao redor de todo o globo, inclusive aqui no Brasil, já tem uns bons anos. Comecei a vê-los por volta de Março desse ano e foi uma descoberta incrível para uma romântica incorrigível como eu, mas que ainda gosta de uma boa comédia, enredo que prende a atenção, ou mesmo quando não tem romance algum, mas possui um enredo tão bem estruturado, com atuações tão boas, que consiga surpreender até quem não é fã do gênero específico da história. À seguir irei fazer algumas recomendações para quem está querendo começar, ou mesmo já começou mas ainda não está muito situado nas indicações. Ou mesmo se você já ama o formato, vai que não conheça algum entre os seguintes? Bora lá? ;)

D-Day | 2015 | jTBC | Coréia do Sul
Disponível no Netflix

Um dos primeiros dramas que vi realmente e conseguiu me prender com exatos vinte capítulos de muita adrenalina, emoção, lágrimas, algumas risadas aqui e ali, mas principalmente tensão. 

Nesse drama de 2015 nos acompanhamos a saga de uma equipe de médicos do prestigiado Hospital Mirae como único centro de atendimento a permanecer de pé após um terremoto de magnitude 6,5 que arrasa a cidade de Seul. 

O enredo gira principalmente em torno do cirurgião geral Lee Hae-sung, conhecido por seus atos impulsivos que, apesar de arriscados, já salvaram muitas vidas, mas nem isso o faz sair da mira do Diretor Park, responsável pelo hospital, que tenta colocar o jovem médico para fora. Esse drama é uma constante tensão entre médicos que querem salvar vidas de verdade e outros que só querem viver de imagem e benefícios próprios na carreira, e ao mesmo tempo em que faz essa crítica também fala sobre certas vezes em que, mesmo quando se quer, não é possível salvar todo mundo. Um dos dramas mais incríveis que já vi, o primeiro a me fazer interessar-me mais pelos de temática médica, e com atuações imperdíveis de se conferir. 

Noble, My Love | 2015 | Naver TVCast | Coréia do Sul
Disponível no DramaFever

Vamos de indicação mais leve agora? Para os românticos de plantão, esse que na verdade é um mini drama é um prato cheio para quem curte algo mais romântico, com um pouco de comédia e que não demore tanto quanto os costumeiros de uma hora de duração. 

Com vinte episódios de apenas 15 minutos cada, aqui teremos a história de uma jovem veterinária, Cha Yoon Seo, que está tendo dificuldades para manter sua clínica. Do outro lado da história temos o CEO Lee Kang Hoon, muito conhecido por todos na região, a tal ponto de ser sequestrado e, durante sua fuga, terminar a noite com um corte no abdômen. Antes que ele desmaie por completo na rua, é Yoon Seo que o resgata e acaba salvando sua vida, gerando, dias depois, a oportunidade de ter sua própria clínica quando ele resolve lhe dar um espaço só seu. 

Essa história de CEO parece lembrar um romance clichê, né? Mas vão por mim quando digo que isso não é o único foco da história, na verdade, é apenas a base. O romance logo começa a se desenvolver entre os dois, com a Yoon Seo não querendo dar o braço a torcer tão facilmente, e o próprio Kang Hoon se deixando encantar pela mocinha, mesmo sendo normalmente tão mais fechado e organizado. Uma história leve para maratonar em um dia só, aliás. 

Sassy, Go Go / Cheer Up! | 2015 | KBS2 | Coréia do Sul
Disponível no Viki

Para fechar com chave de ouro com indicações para todos os gostos, algo mais juvenil e centralizado no colégio. Um dos meus dramas queridinhos, aliás, que me fez descobrir uma que veio a se tornar uma das, senão a, minhas cantoras favoritas, a Jung Eun-ji. 

Essa história transcorre no Colégio Sae Bit, e retrata a realidade dos colégios sul-coreanos em relação aos rankings estudantis, que acaba gerando tratamentos diferentes para alunos que possuem ótimas notas para aqueles que estão em baixa. Kang Yeon Doo, nossa protagonista, é uma dessas estudantes que se encontra na posição 196 e por isso não é levada à sério, juntamente com seus amigos, pela diretora, levando à extinção de seu clube de dança. Do outro lado temos o estudante modelo Kim Yeol, primeiro do ranking, integrante do grupo Tigres Brancos. Ambos os grupos, que não poderiam, ser mais distintos, acabam por ser unidos em uma façanha inesperada como líderes de torcida que não passa de um arrumadinho feita pela mãe de uma aluna com a diretora, em prol de notas melhores para sua filha.

Só assistindo ao drama para saber o que mais vem por essa história, mas garanto que é mais um enredo muito bom e que conseguiu prender minha atenção desde o primeiro episódio. Os personagens são bem caracterizados e simplesmente humanos, e a trilha sonora também é outro charme do drama, na minha opinião. Uma história que possui algumas boas reviravoltas aqui e ali, que poderia muito bem ter mais de 12 episódios originais. 

E por hoje é só! Curtiram o top 3? Coincidentemente acabei escolhendo só dramas lançados em 2015, mas há muito mais por desvendar entre tantas emissoras e gêneros diferentes, tanto dentro quanto fora da Coréia do Sul! E vocês, o que me dizem agora? Já assistem doramas também, ou ainda estão se decidindo por vê-los? Conheciam algum dos citados ou mesmo já assistiram? Deixem nos comentários! Beijos!

Comentários via Facebook

1 COMENTÁRIOS:

  1. Sâmella , obrigada por explicar o que significa Dorama. Eu tinha uma vaga ideia do que seria,mas não tinha muita certeza.
    Inclusive queria ter explicado para a minha sobrinha de 12 anos sobre essas séries e não sabia nem ao menos o que indicar. Ela acha um charme os meninos orientais. 😊

    Bem,acredito que pela idade dela,ela se interessará pelo Sassy Go Go.
    E eu pelos dois primeiros. Principalmente Noble, My Love. Por gostar da junção entre romance e comédia


    Amei as dicas! 💙

    ResponderExcluir