01 junho 2017
Nicoli Vieira

Resenha do Livro #242: Eu Estive Aqui - Gayle Forman

Título: Eu Estive Aqui
Autor: Gayle Forman
Editora: Arqueiro
ISBN:  9788580414233
Ano: 2015
Páginas: 240
Onde comprar: Amazon | Livraria Saraiva
Classificação

Eu Estive Aqui, foi escrito pela autora Gayle Forman e publicado no Brasil pela Editora Arqueiro. 
“Supostamente, eu era a melhor amiga dela, e não sabia nada disso, porque ela não me contou. Ela não me contou que achava a vida um sofrimento insuportável. Eu não fazia a menor ideia.”
Meg e Cody eram amigas de infância, e as duas sonhavam que logo ao completarem o Ensino Médio iam sair da pacata cidade em que viviam e iriam para faculdade em Seattle, apenas as duas. Porém, como a Cody é filha de mãe solteira e que não a dava nenhum apoio, ela não teve dinheiro para a faculdade, então optou por ficar na cidadezinha trabalhando como faxineira.

Depois do distanciamento entre as duas, elas tentaram várias vezes se reencontrarem, mas Cody sempre estava revoltada com algo na vida, então nunca aproveitava aquele momento em que elas ficavam juntos, e isso fez com que elas se separassem, tornando a troca de e-mails o único contato dessa amizade. 

Até que algo acontece e abala os sentimentos de Cody para sempre, Meg se suicidou ao tomar um frasco de veneno em um quarto de hotel. E isso a afeta de uma maneira enorme, onde ela se culpou por não está presente na vida da amiga e poderia ter evitado essa tragédia. Depois do ocorrido, os pais de Meg pediram à Cody que viajasse até Tacoma para pegar os pertences de sua amiga, e é por aí que a história se desenrola. Cody começa a conhecer os amigos de Meg, descobre que ela tinha um namorado guitarrista (chamado Ben McCallister), conhece os amigos de Meg, descobre que ela tinha um gato, etc. E como uma “recompensa” pela amizade que ela teve com a Meg e pela sua ajuda, os pais de sua amiga dão à ela de presente o notebook pertencente a Meg, com ele em mãos, ela descobre várias coisas criptografadas que poderiam explicar o suicídio da amiga.
"Você tinha um monte de pedras nas mãos, então resolveu limpá-las, deixá-las bonitas e fez um colar. Meg ganhou um colar de joias e se enforcou com eles."
Esse é o terceiro livro da Gayle que leio e posso dizer que não me arrependi nenhum pouco na leitura, ela é incrível. Esse livro é o tipo de leitura que te prende do início ao fim, traz significativas mensagens para quem realmente o leu de mente aberta e coração puro.

Ela abordou esse tema, que é considerado um tabu em nossa sociedade, de uma forma tão singela, tão envolvente, que você passa a entender a mente dos personagens, começa a pensar como eles. E ela também nos passou a mensagem que ninguém conhece ninguém por completo, entre toda essa confusão e a amizade da Meg e Cody, havia um segredo que a Cody não sabia, descobriu após começar as investigações sobre o que levou à morte da amiga.

Posso dizer que gostei imensamente desse livro, ele tem um lugarzinho especial na minha estante, a Arqueiro nos decepcionou nenhum pouco com a diagramação e a revisão, está tudo impecável. Quem tiver chance de ler, leia, mas por favor, esteja ciente que isso pode te trazer sentimentos negativos ou positivos sobre a obra, tudo depende de seu ponto de vista.

Quem leu, o que acharam do livro? Contem para mim 😊

Comentários via Facebook

5 COMENTÁRIOS:

  1. Oi, em pensar que há pouco tempo vi esse livro por um precinho camarada, e deixei de comprar. :(

    Assim que comecei a ler a sinopse e depois sua resenha, imaginei que quem iria cometer o suicídio, seria a. Cody. Foi uma grande surpresa saber que a Meg que cometeu esse ato insano...
    Acho que o mistério está exatamente aí não é?!

    Fiquei fascinada pela sua dica de leitura. E assim que der vou ler.
    Lá vai eu procurar saber se ainda está por um bom preço. Rsrs

    Bjs.

    ResponderExcluir
  2. Ainda não li nenhum livro da Gayle e acho que esse vai ser meu primeiro!
    Sempre falam que a escrita dela é maravilhosa! Amo romances e dramas! Então acertei em cheio!

    ResponderExcluir
  3. Janaina, o que gosto nos livros da Cody é isso, ela começa a fazer você iniciar a leitura com um ponto de vista e no final já não é o mesmo. No Shoptime e Amazon ele está com um preço camarada, só não sei o frete (que geralmente custa a alma da pessoa kk).


    Beijos! Me conte se você comprar e ler <3

    ResponderExcluir
  4. Boa noite!
    Nossa, fiquei super curioso com a premissa e, principalmente, com o quote.
    Quero muito ver o que a Cody descobrirá a respeito da morte de sua amiga.
    Sempre vejo nos livros da Gayle histórias que tratam de tabus como, neste caso, o suicídio. Acho que é uma marca da autora.
    A capa é de uma delicadeza sem fim.
    Abraços,
    Daniel.

    ResponderExcluir
  5. Já li o livro e posso dizer que realmente, a Gayle fez uma obra de tirar suspiros e aplausos.
    A amizade de Meg e Cody parecia muito superficial, e com isso a Meg se sentiu sozinha, abandonada, fazendo-a cometer tal ato. Esse livro me mostrou que por mais as pessoas tenham uma vida aparentemente "perfeita", sempre há problemas por trás, segredos, entre outros assuntos.

    ResponderExcluir