20 junho 2017
Iany Tavares

Resenha de Livro #247: Um amor para Lady Johanna - Julie Garwood

Título: Um amor para Lady Johanna
Autor: Julie Garwood
Editora: Universo dos Livros
ISBN: 9788550300818
Ano: 2016
Páginas: 400
Onde Comprar: Amazon | Livraria Saraiva
Classificação:


Um amor para Lady Johanna foi escrito pela americana Julie Garwood, e publicada no Brasil pela aditora Universo dos Livros

Em seu primeiro casamento, Johanna sofreu diversos tipos de abusos de seu marido, Barão Raulf Williamson, tanto físicos quanto psicológicos. Quando soube que seu marido tinha morrido, ela não poderia estar mais feliz, e fez uma promessa: nunca se casar novamente, mas seu irmão tinha outros planos. Quando o rei da Inglaterra, John, a obriga a se casar novamente, seu irmão, Nicholas, propõe a mão de sua irmã para o líder do clã McBain, Gabriel. No início, Johanna temia que seu novo marido a tratasse da mesma forma que Raulf, mas Gabriel provou-se um verdadeiro homem e fez sua mulher se apaixonar por ele, e, assim, descobriu o que era amor de verdade. Acontece que uma guerra estava prestes a ser iniciada na Inglaterra, guerra que coloca Johanna no centro de tudo, ameaçando não só seu casamento, como também sua vida.

Johanna é uma personagem com características fortes. Ela defende seus pensamentos e tenta provar a todos, a todo momento, que ela consegue e pode fazer exatamente o que um homem é capaz. Apesar disso, ela sofreu muitos abusos de seu primeiro marido, e levava muito disso para a sua nova vida. Ela era independente, capaz, forte, inteligente e podemos considera-la como uma feminista, apesar da época do livro.

McBain, ou Gabriel, é o tipo de homem honrado e um guerreiro extremamente forte, não só fisicamente. Ele luta por seus amigos e defende seus clãs com unhas e dentes. Ele apenas aceitou se casar com Johanna para poder ganhar uma quantia de terra, pois isso beneficiaria seu clã. Porém o nosso querido amigo destino faz com que o grande e corajoso guerreiro se apaixone pela donzela.

Esse livro é simplesmente magnifico. Possui uma linguagem simples, apesar de ser um livro de época, e cativante. Apesar de possuir um número considerável de páginas, sua leitura pode ser realizada rapidamente sem quaisquer problemas. O início é um pouco complicado, pois os personagens não são apresentados adequadamente e isso faz com que seja um pouco confuso, mas essa confusão só ocorre no primeiro capítulo. A partir disso, leitura é fluída. 

A narrativa é realizada em terceira pessoa, mostrando o que está acontecendo a todo momento com os personagens envolvidos, e isso ajuda muito na leitura, pois assim não temos aquele famoso “achismo” em relação aos sentimentos dos personagens. 

Esse livro não trata apenas de amor, mas de lealdade e de união. Todos os personagens possuem suas diferenças, porem todos se juntam para combater algo que acreditam, e isso faz com que a história se torne mais interessante.

Alguém já ouviu falar do livro ou já o viu em algum lugar? Confesso que foi amor à primeira vista quando vi essa capa!

Comentários via Facebook

4 COMENTÁRIOS:

  1. Oie, já tinha lido comentários sobre o livro , e tenho muita vontade de conhecer a história. Além de se tratar de um romance de época, trata também sobre a guerra e força dos personagens. Gosto muito de romances, mas que não foquem somente nos problemas sentimentais dos personagens.
    Assim como também achei a capa um charme!

    Gostei bastante da resenha. E assim que der pretendo ler. :)

    ResponderExcluir
  2. Achei a história muito linda e cativante!
    Tenho o livro e ele será minha próxima leitura!
    Gosto muito de livros de época, que mexe com amor e lealdade.

    ResponderExcluir
  3. Gosto de histórias que mostram o empoderamento feminino, e tudo o que a Johanna sofreu calada deve ter sido muito complicado, e o livro mostrar todo esse sofrimento dela de uma forma diferente deve ser incrível. E agora, o Gabriel ser totalmente diferente do traste do falecido dela é ótimo na história, só espero que os dois consigam ficar juntos, ela não merece sofrer mais.

    ResponderExcluir
  4. Oi! Não curto romances de época, mas eu achei a proposta desse livro sensacional. A personagem parece ser uma mulher forte apesar dos traumas que sofreu. E que bom que ela consegue encontrar um amor de verdade no meio de tanto caos. Beijos

    ResponderExcluir