06 junho 2017
Haianne Thompson

Resenha de Livro #243: Quase Um Romance – Megan Maxwell

Título: Quase Um Romance
Autor: Megan Maxwell
Editora: Suma de Letras
ISBN: 9788556510242
Ano: 2016
Páginas: 232
Classificação:

Quase Um Romance é um romance contemporâneo escrito por Megan Maxwell e publicado no Brasil, pela Editora Suma de Letras.

Nesse livro conheceremos a vida de quatro personagens principais que vão fazer com que a história se desenrole de uma forma bastante natural. De um lado teremos Rebecca – uma mulher que se sente solitária pelo fim de um relacionamento difícil e pela perda precoce dos seus pais, e a sua cachorrinha Pizza – que foi encontrada por Rebecca dentro de uma caixa de pizza no meio da rua e que fez com que a sua dona já a amasse e se identificasse com ela ali naquele momento. E, de outro, teremos Paul Stone – campeão de Moto GP e pai solteiro, e a sua filha Lorena – uma surpresa que trouxe um verdadeiro sentido à vida de Paul. E é por intermédio de Pizza e de Lorena que o mundo de Rebecca e Paul se cruzará em um dia movimentado, o que garantira a esses dois a oportunidade de verdadeiramente conhecer o que é o amor e o que é amar. Eles traçam caminhos distintos em suas vidas, mas quem garante que esses caminhos não podem ser cruzados e a partir dali uma nova historia começar a ser contada?

Megan Maxwell é conhecida por seus romances eróticos, porém ao apostar em um livro com uma narrativa mais leve e mais romantizada, afirmou-se no mundo literário como uma escritora que consegue dissertar sobre o gênero que quiser. Quase Um Romance possui uma narrativa fluida e fácil de ser lida. Mesmo já tendo uma noção do que o final do livro nos trará, conseguimos nos apaixonar pelos protagonistas e torcer para que eles consigam resolver os problemas e aceitar as surpresas que o destino coloca nas mãos deles. Lorena, a filha de Paul, consegue nos encantar desde o primeiro momento em que aparece na história e, me arrisco a falar que ela e Pizza são as verdadeiras estrelas dessa história. Paul é um exemplo de pai, mesmo com a sua carreira agitada e inúmeras viagens, nunca deixou a sua filha de lado, fazendo o possível e o impossível para ser presente em todas as fases da vida de Lorena. Rebecca, mesmo com a dor e sofrimento trazidos pelo seu passado, demonstra sua personalidade forte em muitos momentos da história por lutar pelo que acredita (mesmo, às vezes, tendo um orgulho meio bobo). 

A diagramação, revisão ortográfica e o layout feitos pela Editora também não deixaram a desejar. Eu achei a capa muito fofa e ela chama atenção de quem passa nas livrarias e a vê, e isso se dá pelos simples fato da editora colocar um cachorro super fofinho e a sua dona como centro. E gente, que pessoa não ficaria curiosa por ver um cachorro lindo na capa e ver o que ele tem a ver com a história – e, sendo sincera, não dá vontade de agarrar esse cachorro, apertar e dar um monte de beijinhos?

Eu só posso dizer que, mesmo dando três estrelas ao livro por ser um romance meio água com açúcar, eu o recomendo DEMAIS. É aquele tipo de leitura leve para uma tarde de domingo chuvosa sabe? Quem curte o gênero literário vai conseguir fazer a leitura em uma tarde só e se apaixonar, assim como eu, pelos personagens apresentados por Megan. Esse foi o meu primeiro contato com a escrita da autora e eu já fiquei curiosa por mais narrativas escritas por ela.

Vocês já leram algo da autora? O que acharam? Conta pra mim aqui embaixo nos comentários para que possamos trocar nossas impressões. Beijinhos :*

Comentários via Facebook

11 COMENTÁRIOS:

  1. Oie, a capa desse livro realmente chama a nossa atenção.Esse cachorrinho é uma graça mesmo, assim como a cor escolhida para colocar em torno dos personagens.
    Eu sou suspeita para falar, pois sempre me interessei por livros e filmes de romance assim: Como um bom filme levinho da Sessão da Tarde.:)

    Achei também que a autora acertou em cheio em colocar uma menininha e um cachorrinho na trama.Isso sempre derrete os nossos corações. 💕

    ResponderExcluir
  2. Nunca li nada da autora, mas sei que ela escreve romance erótico e estava super doida para ler algo dela!
    Achei bem fofo esse livro por ser algo mais leve e romântico, adorei a sinopse dele. Amo livros leves e facies de ler. Pode apostar que vou ler sim!

    ResponderExcluir
  3. Boa tarde!
    Sempre guardo com carinho recomendações de livros fofos e leves, pois são ótimos para me tirar de ressacas literárias. Novas obras são sempre bem-vindas à essa minha lista ♥
    De cara já vi que o cachorrinho seria o brilho da trama, só de olhar pra capa haha
    Abraços.

    ResponderExcluir
  4. oi Daniel :D
    SIIIIIIIIIIM... eu também amo indicações de livros leves porque à vezes durante a rotina maluca que temos eles nos trazem um folego ne?
    aaaah a PIZZA é a coisa MAIS linda do mundo! eu adoro ela!
    obrigada pelo seu comentario! beeijos :*

    ResponderExcluir
  5. oi oi Hérica :D
    Siiim, a Megan é bem reconhecida no mundo literário por seus contos eróticos, e até isso que me chamou a atenção quando vi o nome dela nesse livro porque ele é BEM leve e fofiiinho!!
    leia e volta pra me falar o que achou viu?
    obrigada pelo seu comentário! beeijos :*

    ResponderExcluir
  6. Oiii Jana, tudo bem? :D
    De vez em quando um filme ou livro meio "lagoa azul" é bom para nos tirar de uma agitada rotina ne?
    Eu AMEI a capa desse livro.. e a autora acertou siim!
    beeeijos :*

    ResponderExcluir
  7. Sim Haianne, uma história leve , sempre nos deixa com a " alma" mais leve. :)

    ResponderExcluir
  8. Oi! Não curto esse gênero, mas sendo bem levinho deve ser ótimo pra curar aquelas ressacas literárias hahah A capa ta realmente muito linda e fofa! E que bom saber que a autora consegue escrever o gênero que quiser! Beijos

    ResponderExcluir
  9. Haianne, nunca li nenhum livro da Meg, acho que as histórias em si nunca me agradaram. Esse livro parece ser do tipo de obra que é pra te tirar do tédio em um domingo de chuva.
    A história parece ser bem fofa e os personagens parecem ser perfeitos pra obra. A Editora nunca peca no quesito de diagramação gráfica e revisão ortográfica. Quem sabe eu o leia algum dia.

    ResponderExcluir
  10. Haianne Thompson2 de julho de 2017 12:26

    Oi Gabriela :D
    Olha, você conseguirá curar ressacas literárias SIM com esse livro.. e ele é bem leve e quando você vê, já está no fim e nem sentiu! :D

    ResponderExcluir
  11. Haianne Thompson2 de julho de 2017 12:27

    OI Kesse, eu também nunca havia lido nenhum livro dessa autora mas não me arrependi por ter começado por esse! Vale super a pena viu?? :D

    ResponderExcluir