31 janeiro 2017
Leonardo Ribeiro

Resenha de Livro #213: Os 13 porquês - Jay Asher

Título: Os 13 porquês 
Autor: Jay Asher 
Editora: Ática 
ISBN: 9788508126651 
Ano: 2009 
Páginas: 256

Classificação

Quando olhei para capa desse livro, a primeira coisa que fiz foi contar os porquês, aqueles da língua portuguesa — não riam. Fiquei intrigado de quais o livro estava falando, mas estava só de passagem e fui embora. Quando descobrir que era sobre treze motivos(porquês) do qual uma garota se matou, fiquei MUITO mais intrigado e corri para ler.

"Vocês não sabem o que se passa na vida de ninguém, a não ser na de vocês. E quando estragam uma parte da vida de uma pessoa, não estão estragando apenas aquela parte. Infelizmente, não da para ser tão preciso ou seletivo. Quando você estraga parte da vida de alguém, você estraga a vida toda dessa pessoa."

Bom... voilà! Aqui estou com uma ressaca literária daquelas enormes, mas vamos para o inicio.

Clay é o tipo de cara correto, respeitador e tem uma queda por Hannah Baker, ou pelo menos tinha... Hannah se suicidou, ninguém entendia muito bem como aquela garota que era bastante conhecida no colégio teve coragem de tirar sua própria vida.

Durante um dia qualquer, Clay recebe em sua casa uma caixa sem remetente. Ao abrir descobre uma caixa de sapato com sete fitas e treze porquês. Os treze motivos que fizeram Hannah se matar, ou melhor, as treze pessoas que fizeram com que ela cometesse tal ato.

E essa caixa de sapato está passando de mão em mão, cada lado da fita cassete conta a história de alguém que fez algo ruim com a garota, e a narradora dessa cabulosa história é a própria Hannah Baker. Cada qual escuta o conjunto de fitas e passa para o próximo nome e assim por diante, totalizando treze pessoas.

Só que o respeitoso Clay não faz ideia porque ele recebeu as fitas, então ele aperta o play para ouvir as histórias até chegar na sua. 

A narrativa do livro varia entre o Clay e a voz que sai das fitas cassetes, no caso, da Hannah. Por sinal, não é uma narrativa enjoativa... sabe aquelas que sua vista parece voar sobre as letras? É também uma leitura rápida e intensa.
Certo dia, pelo menos parece que foi assim, de uma hora para a outra, ela deixou de querer fazer parte de alguma coisa.
Os motivos que fizeram a Hannah se matar, se acontecessem comigo, nunca seriam realmente motivos para eu me matar. Mas como cada pessoa é uma cabeça diferente, eu entendi a Hannah e por isso fiquei muito triste por ela e quase chorei junto — sou muito difícil de chorar com livros.

Coincidentemente, a Netflix lançou recentemente um teaser da série que eles vão estrear 31 de março. Então corre para ler e depois corre para assistir a adaptação.


Comentários via Facebook

6 COMENTÁRIOS:

  1. Tenho o livro aqui na infinita lista de livros para ler. Comprei na época do lançamento por achar a historia e a forma que o enredo foi desenvolvido muito interessante. Adorei a ideia das fitas com
    a própria Hannah narrando o porque do suicídio. Agora com a produção da Netflix vou ler o mais rápido possível para conferir a produção.

    ResponderExcluir
  2. Glaucia, simplesmente amei o livro e não vejo a hora de poder assistir à série.
    Esse livro mostra como se fosse um efeito borboleta, até um simples bater de asas tem um efeito na vida de alguém, e isso mostra o que acontece na nossa. Estamos tão ocupados só pensando em nós mesmo que esquecemos da pessoa ao lado, fazendo-a ter um péssimo dia, e foi nossa culpa nem que seja por um deslize pequeno. Simplesmente me apaixonei pela narrativa, e estou louca para a Netflix liberar os episódios ♥

    ResponderExcluir
  3. Eu tenho esse livro e até agora não li, com esse teaser sendo divulgado pela Netflix acabei lembrando e ficando animado de novo para ler, pretendo fazer isso em breve.
    Pela sua resenha deu pra sentir que os motivos não são uma coisa tão assustadora, mas acredito que a junção dos "porquês" fez com que ela cometesse o suicídio, é um tema pesado abordar sobre isso, mas é muito necessário e acredito que é uma leitura que todos deveriam fazer, agora com a série o livro vai se tornar mais popular e espero que sirva de alerta para os jovens.

    ResponderExcluir
  4. Fiquei com vontade de ler esse livro lá pela época que lançou, mas não consegui e acabei esquecendo.
    Agora com a tal série vou tentar ler e depois assistir.
    A história parece muito boa. E triste.
    Quero ver o que vou achar dos motivos, se vai ser uma coisa que se acontecesse comigo ficaria tão ruim a ponto de fazer isso ou se iria pensar que não também...

    ResponderExcluir
  5. Ainda não tive a oportunidade de ler o livro, mas pretendo fazer isso bem antes de assitir a série. Quero muito saber os 13 motivos que fez a Hannah se matar. Beijos

    ResponderExcluir
  6. Oi,fiquei aqui muito arrependida de não ter comprado esse livro recentemente... Estava em promoção!
    E não me interessei,pois não imaginava sobre o enredo da história.
    Não imaginei que contasse um drama de uma suicida. Que barra!!!!
    Fiquei curiosa em descobrir o motivo ou os motivos que levaram uma menina a cometer um ato desse tão extremo.

    Dá pena até em imaginar. Já que diariamente à casos assim. :/

    ResponderExcluir