27 janeiro 2017
Glaucia Matos

Resenha de Livro #212: Nove Regras a Ignorar Antes de Se Apaixonar - Sarah MacLean

Nove Regras a Ignorar Antes de Se ApaixonarTítulo: Nove Regras a Ignorar Antes de Se Apaixonar
Autor: Sarah MacLean
Editora: Arqueiro
ISBN: 9788580415049
Ano: 2016
Páginas: 384
Tradutor: Fabiana Colasanti

Onde Comprar: Amazon | Livraria Saraiva

Classificação


Calpúrnia Hartwell é uma mulher de 28 anos que depois de ser apresentada à sociedade há mais de 10 anos, continua solteira e assistindo sua vida passar diante de seus olhos, sem aproveitar nada.

Ela já não acredita em príncipe encantado e mesmo com sua tão imaculada reputação construída e preservada ao longo desses anos, não conseguiu um único pretendente que a agradasse.

Então, ela resolve criar uma lista com noves regras sociais que deseja quebrar. Porém, nesses desafios ela terá a ajuda e companhia de Gabriel St. John, o marquês de Ralston, e um dos mais notórios libertinos de Londres, por quem secretamente foi apaixonada. 

O enredo se passa há alguns séculos atras, onde uma mulher quebrar tais regras, era visto como indecoroso, e até mesmo um erro fatal para sua reputação, causando repúdio pelo sociedade. 

Particularmente eu adoro esses "romances históricos", e com esse livro não foi diferente. A autora soube descrever cenários, roupas e costumes daquela época, sem pesar a leitura, tornando-a de fácil compreensão e fluída.

Os personagens tiveram suas características e personalidade muito bem criadas e desenvolvidas ao longo da história, o que nos faz começar a ler e não largar até a última página.

Só algumas atitudes chatinhas de Calpúrnia que não me agradou, por isso a classificação de quatro estrelas, no mais, o livro é excelente e merece recomendação.

Comentários via Facebook

7 COMENTÁRIOS:

  1. Glaucia, ainda não li nenhum romance de época (sim, é verdade kk). Mas me apaixonei por esse gênero logo pelas resenhas sobre os livros da Julia Quinn, agora estou conhecendo os livros da Sarah, e eu me apaixonei ainda mais sobre o gênero. "Nove regras a ignorar antes de se apaixonar" mudou completamente o formato das moças de romances de época, Calpúrnia (sério, que nome feio) mostrou que não precisamos seguir as regras ditas pela sociedade, nós mesmo as criamos. Até vir um marquês e apaixonarmos por ele kk.

    ResponderExcluir
  2. cristiane dornelas28 de janeiro de 2017 21:00

    Estou doida pra ler esse livro, até porque nunca li nada da autora e sempre vejo falando super bem dela. E também porque gosto muito de romances nesse estilo.
    A protagonista deu o que falar, parece ser muito boa e diferente até. Pelo menos foi o que vi falando. Mas vou estar atenta quanto as atitudes dela pra ver se alguma coisa não vai agradar então. Pode ser que não né, aí é com cada leitor mesmo. Mas parece uma história muito boa e bem feita ^^

    ResponderExcluir
  3. Oi Glaucia!
    Não sou fã de romances históricos, e também nunca li nada dessa autora. Por isso não pretendo ler o livro. Mas fiquei curiosa para saber que regras sociais que a protagonista pretende quebrar! Beijos

    ResponderExcluir
  4. Oi Glaucia, eu gosto muito de romance de época, mas confesso que acabei pegando um pouco de abuso do gênero :/
    Eu adoro a ideia de se fazer uma lista com regras para quebrar e aposto que deve ser um livro com algumas cenas engraçadas, e é uma pena que algumas atitudes da Calpúrnia não te agradaram, mas que bom que você conseguiu aproveitar a leitura.
    Esse era um livro que tava na minha lista, mas que atualmente não faço tanta questão de ler, justamente por causa do abuso que peguei :/

    ResponderExcluir
  5. Amo romance de época, é um dos gêneros que mais gosto. Amo a escrita de Sarah MacLean, seus livros são sempre muito divertidos. Fiquei curiosa para saber quais são as regras citadas no livro. Capa linda!

    ResponderExcluir
  6. Eu raramente leio livros históricos assim, acabo sendo fugindo dessas leituras, mas é um prato cheio para quem realmente gosta do estilo de escrita.
    A personagem buscou depois de tanto tempo se comportando, uma forma de se libertar e ser mais ela mesmo, conhecer melhor suas vontades, parece interessante, mas eu passo.

    ResponderExcluir
  7. Romances de época, não faltam. E vontade de ler a maioria deles é grande!
    Mas gostei especialmente desse,pelas regras que a personagem deseja quebrar.
    Em uma época em que as mulheres não tinham direito à nada,e chegar a idade dela,sem ainda ter se casado, já foge aos padrões... E essas tais regrinhas...
    Quero muito ler!

    ResponderExcluir