25 julho 2015
Leonardo Ribeiro

Resenha de Livro #175: A Caçada - Andrew Fukuda

A Caçada
Título: A Caçada (#01 Trilogia Caçada)
Autor: Andrew Fukuda
Editora: Intrínseca
ISBN: 9788580574340
Ano: 2013
Páginas: 288

Onde Comprar: Amazon | Livraria Saraiva
Classificação


A Caçada é o primeiro volume da trilogia Caçada, um suspense distópico incrível escrito por Andrew Fukuda. O segundo volume, As Presas, já foi lançado pela editora Intrínseca.

Nesse livro esqueçam o mundo em que vivemos. Praticamente tudo mudou. A sociedade agora é construída e integrada por vampiros, e não são vampiros que brilham no sol ou algo parecido. São vampiros canibais. E Gene está em dúvida se é ou não o último eper que sobrou, o ultimo humano que restou.

Gene vive camuflado nessa sociedade em que a humanidade foi extinta. Andando em meio aos vampiros, o rapaz precisa seguir algumas regras deixadas pelo seu pai para sobreviver: Não sorrir; não chorar; não faça expressões e nem amigos; não transpirar, se os vampiros sentirem cheiro de eper você será dilacerado.

O nosso protagonista está indo bem, dentro do possível, no sentido de sobreviver e viver sem ser percebido. Ele vai à escola, conversa o básico, come as carnes sintéticas dos vampiros, fica observando a beleza de Julia Brasa – discretamente, claro. – e tenta não usar muito sua inteligência para não chamar atenção. Entretanto, tudo está a desmoronar quando o Soberano anuncia que uma Caçada Eper irá acontecer.


A Caçada Eper é uma chance que os vampiros têm de devorar os últimos epers do mundo. Há exatamente uma década que não é anunciada uma caçada aos epers, então os vampiros ficam completamente loucos de desejo para desfrutar dos que podem ser os últimos. Porém, não são para todos os vampiros. Apenas os sorteados pela Loteria Eper irão ter essa chance.

Gene não dá muita importância a caçada até que faz uma análise dos seus números e se surpreende: ele vai fazer parte da equipe de caçadores que irão sugar até a última gota de sangue eper.

O autor criou uma trama recheada de suspense, me peguei várias vezes arrepiado com os acontecimentos. A capa já traz um ar de entusiasmo. É um livro relativamente curto e de uma escrita tão fluida que as páginas vão passando sem nem sequer notar. Recomendo para você que gosta de um bom suspense fictício, com aventura e uma pequena dose de romance.

Comentários via Facebook

0 COMENTÁRIOS:

Postar um comentário