07 junho 2015
Glaucia Matos

Resenha de Livro #173: O Bicho da Seda - Robert Galbraith

Autor: Robert Galbraith
Editora: Rocco
ISBN: 9788532529497
Ano: 2014
Páginas: 464
Tradutor: Ryta Vinagre
Onde Comprar: Amazon | Livraria Saraiva
Classificação

O Bicho da Seda é o segundo livro da série Cormoran Strike, escrito pela autora J.K. Rowling sob o pseudônimo de Robert Galbraith e publicado no Brasil, pela Editora Rocco,

Nesse romance policial, temos Strike Cormoran e sua assistente Robin Ellacott, em mais uma investigação. Dessa vez, Leonora Quine contrato os serviços do detetive, para encontrar seu marido, que sumiu há mais de uma semana.

Ao ser questionada do porque ela não fez queixa na polícia sobre o desaparecimento do marido, Leonora falou que ele já havia feito isso antes. Sumia por alguns dias, mas depois acabava voltando. Só que dessa vez, os dias estavam passando mais rápidos e ele ainda não havia aparecido.

Strike então começa a refazer os passos do escritor Owen Quine, e a medida que vai contatando as pessoas que estiveram com ele antes do sumiço, percebe o quão egocêntrico e desagradável era ele.

Entre uma pista e outra, o detetive enfim, acha o corpo do escritor numa cena horripilante, digna de sacrifício, tamanha a crueldade com que o mesmo foi morto.

Porém, ele descobre também, que as circunstancias da morte, pode ser consequência de uma vingança, de uma ou mais pessoas que tiveram suas vidas escancaradas da forma mais escrota, no ultimo livro de Owen, denominado Bombyx Mori, que traduzido do latin, significa Bicho-da-Seda. O livro ainda não havia sido lançado, mas várias pessoas tiveram acesso a ele, o que aumenta a lista de possíveis suspeitos do assassinato.

Strike terá que correr contra o tempo, para descobrir quem é o assassino, já que a polícia está prestes a incriminar um inocente.

O enredo conta com diversos personagens e ambientes bem descritos. Mas vez ou outra, se não tivermos cuidado, nos perdemos na leitura, devido ás constantes lembranças de Strike ou outros casos paralelos na qual ele está trabalhando, que surge e se vão do nada. Mas não é nada que comprometa o entendimento geral do livro.

O final foi muito bem elaborado, e apesar dele ter dado várias pistas ao longo do livro, quando enfim descobrimentos quem é o vilão, ficamos nos perguntando: Porque não pensei nisso antes? Estava na cara que era ele!

Apesar de romance policial não fazer muito meu gênero de leitura, tenho que tirar meu chapéu para a J.K. Rowling, que me fez ver seus livros de outra maneira e literalmente, pagar a língua!

Super recomendo!

Comentários via Facebook

0 COMENTÁRIOS:

Postar um comentário