28 agosto 2013
Glaucia Matos

Resenha de Livro #88: A Probabilidade Estatística do Amor á Primeira Vista - Jennifer E. Smith

A Probabilidade Estatística do Amor À Primeira VistaTítulo: A Probabilidade Estatística do Amor á Primeira Vista
Autor: Jennifer E. Smith
Editora: Galera Record
ISBN: 9788501095442
Ano: 2013
Páginas: 224

Classificação

O livro A Probabilidade Estatística do Amor á Primeira Vista foi escrito pela autora Jennifer E. Smith e publicado no Brasil pela Editora Galera Record.

Esse é um daqueles livros que você lê em uma tarde e quando acaba, fica querendo mais. Depois de algumas leituras difíceis, eis que surge o salvador da semana.

No enredo somos apresentados a Hadley, uma garota de 17 anos que vem passando por momentos difíceis depois da separação dos pais. Tudo começa, quando seu pai recebe uma proposta de ir passar 4 meses em Londres para participar de um curso, porém o que era para ser temporário, virou definitivo e ele não voltou mais para casa. Pior, seus pais decidiram se separar e nem foi uma conclusão tomada frente a frente, mas sim por telefone. Como sua família, que aos seus olhos parecia tão perfeita, de repente se quebra assim?

Isso, foi a aproximadamente dois anos, mesmo assim a mágoa e o sentimento de abandono não deixam Hadley. Para acabar de completar, ela está sendo obrigada a viajar sozinha, pela primeira vez para outro país, pois seu querido pai, irá se casar, e ela é uma das madrinhas. Que situação!

Hadley sendo um tanto desorganizada, não consegue administrar seu tempo antes da viagem, e quando chega ao aeroporto - depois de várias tentativas frustradas de desistir, as quais foram impedidas por sua mãe - por conta de 4 minutos, perde o avião. Mas o que era para ser ruim, se torna até agradável, pois quando ela conhece Oliver, um britânico que também está viajando para Londres. Os dois começam a conversar e ela esquece um pouco suas preocupações.

Sabe aquelas conversas que você inicia com algum estranho na fila de um banco, ou numa viagem mesmo, que você se pega contando todos os seus "segredos", mesmo sabendo que, nunca mais irá ver a tal pessoa? É exatamente isso que acontece com Hadley e Oliver na viajem. A conversar flui fácil, e ambos vão dividindo um pouquinho de suas vidas, o motivo da viagem, conflitos familiares. Se bem que nesse aspecto, Hadley parece ser mais aberta a contar seus anseios, enquanto Oliver, é um pouco mais reservado. 

Mas o que era para ser só uma conversa entre dois estranhos, de repente passa a ter um quê a mais. Mas Hadley não sabe se é só ela que se sente assim, afinal ela só conhece Oliver a algumas horas e se não fosse pelo voo perdido, talvez nem tivesse o conhecido. Mas o fato é que o sentimento de vazio ao descer do avião e se despedirem, está lá. E ela não sabe muito bem como lidar com isso. Será que eles irão se rever? Mas ela nem tem o sobrenome dele, nem telefone... nada! E ela ainda precisa comparecer ao casamento do pai, mesmo sendo contra sua vontade. O que o destino reserva para ambos?


A autora soube criar uma história de leitura fácil, enredo fofo e muito envolvente. Seu enredo é narrado em primeira pessoa, e a leitura flui muito fácil. Os sentimentos descritos ao longo das páginas são palpáveis e por muitas páginas me peguei rindo ou chorando (sou dessas) das trapalhadas de Hadley ou suspirando pelo jeitinho do Oliver (). Acho que quem o lê, fica meio impossível não se apaixonar. Ainda resta alguma dúvida de que eu me amei esse livro? ;)

O final foi muito esperado e merecido, mas não posso falar mais, senão estraga a surpresa. Então, só posso concluir essa resenha com a recomendação: LEIA!

Comentários via Facebook

1 COMENTÁRIOS:

  1. Oi Glaucia!
    Nossa A probabilidade estatística do amor á primeira vista é um livro liiindo! Entrou pra minha lista de favoritos =D
    Uma história que se passando apenas em 1 dia, desbanca muita histórinha por aí que se passa em 1 ano ou mais! haha
    Enfim... não tem muito o que falar dele, só quem o lê entende!!!

    Beeijos,
    iSteh

    ResponderExcluir