25 julho 2012
Glaucia Matos

||It Entrevista|| Camille Thomaz


Conforme venho percebendo pelos comentários de vocês, essas entrevistas com nossos queridos autores nacionais estão agradando bastante! Fico cada vez mais feliz com os resultados. Dessa vez a entrevistada é a querida Camille Thomaz, confira o que ela respondeu ao Leitora It!




Camille Thomaz formou-se em Designer de Mídia Impressa pelo Instituto Infnet apesar da preferência pelo jornalismo e marketing. Sua carreira de escritora começou em 2012, com o lançamento de "Imaginário Feminino" lançado pela Editora Alcantis.

1. Defina em poucas palavras, quem é a Camille Thomaz.

Camille Thomaz Labanca é uma menina mulher que viveu muito, mesmo com pouco tempo, tem seus objetivos, seus sonhos e pretende realizar todos. Tem seus medos contra os quais luta diariamente. Essencialmente, é uma apaixonada por livros de personalidade forte e extremamente intensa. Escritora e jornalista por puro prazer, leitora por tantos motivos que não caberiam numa folha enorme, fotógrafa por hobby. Meio multiuso haha.

2. Quando surgiu o interesse em passar de Leitora para Escritora?

Gosto de escrever desde muito nova. Conheci pessoas através de fanfics que eu escrevia e que comentavam nelas. Sempre quis ser escritora, sabe? Mas nunca conseguia terminar um livro. Acredito que pela carga de leitura que tenho, quando leio o que escrevo eu tenho que ser crítica e me dar uma boa nota, como se estivesse avaliando um livro de outra pessoa. Muitas vezes chegava uma hora que até tinha gente gostando, mas eu achava fraco, sem sentido, e parava. Várias histórias foram para a lixeira assim. Até que Imaginário Feminino foi terminado e, incrivelmente, eu realmente gostei do resultado. Larissa pode ser qualquer pessoa. Acho que muita gente pode se identificar com ela e seus sentimentos, são realistas.

3. Imaginário Feminino, é sua primeira obra publicada, conte-nos um pouco sobre ela. E como está sendo a sua reação, diante do sucesso que seu livro tem causado?

Imaginário Feminino conta a história de Larissa, uma mulher que é um pouco de todas as mulheres do mundo: teve suas paixões, tem seus medos, grita por liberdade, é emocionalmente presa, tem suas desilusões (e ilusões). É um livro introspectivo, uma história dividida em contos. Eu tenho recebido boas resenhas de quem leu, e isso realmente me deixa feliz. É como um trabalho bem feito, mesmo sabe? Como se a minha crítica fosse realmente real, porque não sou só eu que gosto do livro, outras pessoas também. E se identificam, e se entendem mais. Acho que o que quis com Imaginário Feminino, e ainda quero, é ajudar um pouco quem já sentiu o que Larissa sente. Livros mudaram minha vida, e apesar de não ler livro para isso, eu quis escrever um livro que fosse capaz de mudar alguma vida também.

4. Já tem planos para a publicação de um novo livro? Se sim, poderia nos contar um pouco sobre a obra?

Isso é sempre um pouco complicado comigo. Mas admito que estou escrevendo algo sim, sobre o qual não vou comentar absolutamente nada (hahaha). Primeiro vamos ver se eu consigo terminar, o processo e a crítica ainda são os mesmos, então ainda existe uma barreira grande pra que ele vá se tornar uma história a ser publicada.

5. Sabemos que a publicação de livros em âmbito nacional, não é tarefa fácil! Como foi para você, esse processo?

Primeiramente muito tranquilo, mas para a segunda edição está sendo bem mais complicado. Dizem que o que vem fácil vai fácil, não é?

6. Sei que todos perguntam, mas como se dá o processo de criação de seus livros? Algum escritor em quem você gosta de se inspirar, vivências reais ou tudo é processo da sua imaginação?

Os sentimentos são reais, todos. Se eu falo de tristeza, eu certamente já senti aquilo. Mas as situações são diferentes. Eu posso falar de tristeza num conto sobre relacionamento amoroso, familiar, introspecção, ou por ter quebrado um computador. Nada daquilo aconteceu, nada é baseado na minha vida. Somente os sentimentos: de perda, de paixão, de liberdade. 

7. Em agosto, acontece a 22º Bienal do livro em São Paulo, você irá comparecer? Se sim, já tem datas previstas?

Vou estar lá sim, não como escritora, mas como jornalista para a Revista Innovative. Infelizmente eu não vou poder passar a semana lá como planejava, devido ao trabalho, então vou somente no último final de semana

8. Para finalizar, agradeço sua parceria com o Leitora It, e o seu interesse em aceitar participar dessa entrevista. Muito sucesso para você e suas obras. Parabéns e muito obrigado!

Eu que agradeço, de verdade, pela entrevista! Obrigada!


Comentários via Facebook

12 COMENTÁRIOS:

  1. Oiie, não conhecia a autora e nem o livro, gostei. Vai pra estante do Skoob, hehe.
    Adorei a entrevista, é sempre bom saber um pouquinho mais sobre os autores né?
    Ótimo trabalho :)

    Beijos
    http://secretsentreamigas.blogspot.com.br/ 

    ResponderExcluir
  2. Oi Gláucia! Eu adoro coluna de entrevistas, não conhecia a autora nem o livro mas gostei bastante!
    Tem resenha nova no blog!
    Beijokas
    Amanda
    leiturahot.blogpsot.com

    ResponderExcluir
  3. Ótima entrevista! Realmente esse quadro no Leitora It é incrivel! E os entrevistados são show, gostei de saber um pouco mais sobre a Camille e fiquei feliz de saber que ela também já escreveu fanfics, isso é um incentivo e tanto!

    Bjs

    www.daimaginacaoaescrita.com

    ResponderExcluir
  4. Que bom que gostou Sammysam! Fico muito feliz mesmo! ^^

    ResponderExcluir
  5. Que bom que gosta da coluna! E pode deixar que em breve darei uma lida na sua resenha!

    ResponderExcluir
  6. É sempre ótimo saber um pouco mais sobre os autores, adoro fazer esses posts!

    ResponderExcluir
  7. Essa coluna é muito legal, gosto de saber mais sobre os escritores...e conhecer novos. Vivo na correria, é muito bom encontrar informações assim por aqui.

    ResponderExcluir
  8. Nossa, tão novinha e tão inteligente!
    Sua coluna está ótima Glaucia, parabéns!

    ResponderExcluir
  9. Que máxim, adorei!
    Beijoos!http://simplesglamour.blogspot.com/

    ResponderExcluir